(Des)continuidade

(Des)continuidade
11 de maio de 2017 Zwei Arts
In Poemas

compreender o tempo me explica a descontinuidade da vida e ao mesmo tempo a riqueza do estar

me perceber, todavia, temporário e poder criar um sentido estético me justifica a existência

meu agir serve um princípio estético que está acima do bem e do mal

não se trata de caprichos ou vaidades

mas sim da formação de um núcleo íntegro e coerente consigo mesmo

para responsabilidade de si mesmo e àqueles que dependem

com vibração e reciprocidade

a construção e lapidação diária de um caráter me serve como armadura para ser e estar no mundo de forma íntegra e coerente com os meus próprios princípios