Transitoriedade

Transitoriedade
10 de julho de 2017 Zwei Arts
In Fragmentos

Quando meu pai morreu tinha 17 anos de idade

Foi um momento muito difícil

Dirigi toda minha energia para o trabalho

Recebi um quinhão

Montei um pequeno escritório

Trabalhava das 6h às 20h

Me aconselhava com os mais velhos

Estudava economia diariamente

Reuni pessoas competentes

Fui emancipado

Lutei pelos meus direitos

Invisto consistentemente

Me engano frequentemente

Admito erros

Aceito perdas

Poupo

Diversifico

Compreendo a temporariedade das coisas

Conquisto a minha liberdade!

Marcos Amaro 10/07/2017